logo

sustentabilidade

Da Gestão da Inovação faz parte o processo de desenvolvimento tecnológico, a aplicação da tecnologia em produtos ou processos e a adoção e difusão tecnológica na empresa. Este último aspeto deve ser visto como a introdução de novas tecnologias na empresa ao nível do produto, nos processos de fabrico ou em qualquer área funcional.
Esta é uma nova área de conhecimento, essencial para que as empressas possam maximizar os benefícios do uso da tecnologia bem como o seu desenvolvimento, criando assim condições para uma maior competitividade no mercado.
Seja para o desenvolvimento de um novo produto, ou para a escolha de novos equipamentos e sistemas de apoio à conceção e produção, o sucesso depende essencialmente da forma como a tecnologia é gerida. 
Na prática a gestão da inovação inclui uma larga gama de atividades, como por exemplo:

Gestão estratégica, acompanhamento da evolução tecnológica e planeamento de longo prazo;

Gestão da investigação e desenvolvimento, incluindo determinação da viabilidade económica de projetos de I&D;

Gestão do processo de desenvolvimento de novos produtos ou serviços;

Gestão da transferência de tecnologia entre a empresa e entidades externas;

Gestão de aprovisionamento tecnológico e escolha de sistemas e equipamentos para os processos produtivos, administrativo e de gestão;

Gestão da Qualidade nos produtos e nos processos;

Gestão de recursos humanos.